NATUREZA

Em segundo lugar, talvez apenas para as praias, uma das maiores atrações de Itamaracá é sua beleza natural. Com dois terços da ilha coberta pela Mata Atlântica protegida, e com a maioria das intervenções humanas ocorrendo no lado oceânico, quando você chega na ponte, você se depara com uma vista de altas palmeiras verdes e florestas se espalhando até onde a vista alcança.

Diz-se que uma pessoa pode sobreviver sem nada na ilha - há muitos peixes no mar, muitas frutas e vegetais nas florestas (que também pode servir de abrigo) e água de coco e de chuva para beber. Talvez não seja aconselhável tentar viver assim, mas é indicativo da abundância da natureza na ilha.

A melhor maneira de ver isso é andar pelas localidades ou fazer um passeio de barco pela ilha. Ao acelerar o barco sobre a água, pode-se levar 30 minutos até se ver qualquer evidência de atividade humana - tal é a imensidão das florestas.

De acordo com cada estação, várias frutas e legumes são oferecidos para venda na estrada. Eles não apenas oferecem valor e qualidade inacreditáveis, como também podem garantir suas origens orgânicas, uma vez que eles provavelmente foram colhidos das florestas pouco tempo antes.

É possível encontrar bananas, cocos, abacates, mangas, papaia, carambola, fruta-pão, jaca, jambo, cerejas, pitanga e muitos outros. E se prepare, pois as frutas podem ser maiores e mais saborosos do que você está acostumado…

Não há animais perigosos, cobras ou aranhas na ilha, mas você pode encontrar pequenos saguis, lagartos, iguanas, camaleões, preguiças, raposas, caranguejos, tartarugas e até mesmo um pequeno número de capivaras. E, claro, muitos pássaros.

Entre os meses de dezembro e junho, as tartarugas põem ovos nas praias, e você pode ter a sorte de presenciar o volta dos filhotes ao mar, a noite. Há também um projeto local para nutrir filhotes de tartarugas e também soltá-los no mar.

D70_9735.JPG
IMGP0708.JPG